Thaiza Montine
Têm ocorrido já a alguns finais de semana em nosso Colégio, aulas extras e complementares de História, minitradas pelo professor Marco Túlio, aos 2ºs anos do turno noturno.
E, vou contar um 'segredinho' a vocês... ESTÁ UM SUCESSO!!!
Se você não compareceu a nenhuma destas aulas, você, definitivamente, não sabe o que está perdendo! É incrível a animação e a disponibilidade do professor! Como também tem sido incrivelmente compensador observar cada rostinho atento, cada indivíduo interessado! Vocês estão todos de PARABÉNS!!
Mais uma vez o turno noturno fazendo diferença pelos corredores do Colégio!
Aliás, diga se de passagem, não poderia deixar de comentar o nosso NOVO AUDITÓRIO!! Com um ambiente assim, realmente dá é gosto trabalhar! E, com certeza, estudar, não é meninos[as]?!

Um forte abraço a todos!!
E, mais uma vez, parabéns ao professor Túlio pela iniciativa e pelo alto alcançe a seus[nossos!hehehe!] alunos!


0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine

QUÍMICA TAMBÉM É INCLUSÃO!


No último final de semana [21 e 22 de março] realizamos no CPMG-AS a primeira Aula Prática de Química [com as turmas dos professores J.J e Thaiza, do turno noturno] deste ano de 2009, com a Produção de Perfumes [fato que veio a ilustrar ainda mais as atividades referentes ao livro e ao filme "O Perfume" trabalhados especificamente com as turmas de 2º ano noturno]. Neste ano temos um diferencial mais que especial. Sim, ESPECIAL! Pois temos o privilégio de estar acompanhando alguns alunos mais que especiais. Na foto [1] você vê um momento teórico, que antecede a prática em si, ministrado pelo [eterno] professor e parceiro de Química Fernando, acompanhado de nossa intérprete de Libras, Dayane.


E não paramos por aí! Logo mais, na foto [2] , você pode ver nosso professor convidado, também grande amigo e parceiro que está sempre nos auxiliando, professor Eduardo, juntamente ao aluno Clayton, nos dando amplo suporte!
Em um site específico sobre Educação Inclusiva, encontrei o seguinte:
A Escola Inclusiva
Por EDUCAÇÃO INCLUSIVA SE ENTENDE O PROCESSO DE INCLUSÃO DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS OU DE DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM NA REDE COMUM DE ENSINO EM TODOS OS SEUS GRAUS. Da pré-escola ao quarto grau. Através dela se privilegiam os projetos de escola, que apresenta as seguintes características:
1. Um direcionamento para a Comunidade - Na escola inclusiva o processo educativo é entendido como um processo social, onde todas as crianças portadoras de necessidades especiais e de distúrbios de aprendizagem têm o direito à escolarização o mais próximo possível do normal. O alvo a ser alcançado é a integração da criança portadora de deficiência na comunidade.
2. Vanguarda - Uma escola inclusiva é uma escola líder em relação às demais. Ela se apresenta como a vanguarda do processo educacional. O seu objetivo maior é fazer com que a escola atue através de todos os seus escalões para possibilitar a integração das crianças que dela fazem parte.
3. Altos Padrões - há em relação às escolas inclusivas altas expectativas de desempenho por parte de todas as crianças envolvidas. O objetivo é fazer com que as crianças atinjam o seu potencial máximo. O processo deverá ser dosado às necessidades de cada criança.
4. Colaboração e cooperação - há um privilegiamento das relações sociais entre todos os participantes da escola, tendo em vista a criação de uma rede de auto-ajuda.
5. Mudando papéis e responsabilidades - A escola inclusiva muda os papéis tradicionais dos professores e da equipe técnica da escola. Os professores tornam-se mais próximos dos alunos, na captação das suas maiores dificuldades. O suporte aos professores da classe comum é essencial, para o bom andamento do processo de ensino-aprendizagem.
6. Estabelecimento de uma infraestrutura de serviços - gradativamente a escola inclusiva irá criando uma rede de suporte para superação das suas maiores dificuldades. A escola inclusiva é uma escola integrada à sua comunidade.
7. Parceria com os pais - os pais são os parceiros essenciais no processo de inclusão da criança na escola.
8. Ambientes educacionais flexíveis - os ambientes educacionais tem que visar o processo de ensino-aprendizagem do aluno.
9. Estratégias baseadas em pesquisas - as modificações na escola deverão ser introduzidas a partir das discussões com a equipe técnica, os alunos , pais e professores.
10. Estabelecimento de novas formas de avaliação - os critérios de avaliação antigos deverão ser mudados para atender às necessidades dos alunos portadores de deficiência.
11. Acesso - o acesso físico à escola deverá ser facilitado aos indivíduos portadores de deficiência.
12. Continuidade no desenvolvimento profissional da equipe técnica - os participantes da escola inclusiva deverão procurar dar continuidade aos seus estudos, aprofundando-os.
O conceito de Inclusão
A inclusão é :
- atender aos estudantes portadores de necessidades especiais na vizinhanças da sua residência.
- propiciar a ampliação do acesso destes alunos às classes comuns.
- propiciar aos professores da classe comum um suporte técnico.
- perceber que as crianças podem aprender juntas, embora tendo objetivos e processos diferentes
- levar os professores a estabelecer formas criativas de atuação com as crianças portadoras de deficiência
- propiciar um atendimento integrado ao professor de classe comum
A inclusão não é :
- levar crianças às classes comuns sem o acompanhamento do professor especializado
- ignorar as necessidades específicas da criança
- fazer as crianças seguirem um processo único de desenvolvimento, ao mesmo tempo e para todas as idades
- extinguir o atendimento de educação especial antes do tempo
- esperar que os professores de classe regular ensinem as crianças portadoras de necessidades especiais sem um suporte técnico.
.
Acredito que estamos no caminho certo!
=]
Tenhamos todos um ótimo dia!
Abraços!!!
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoal!
Fiz esta publicação no QUIMILOKOS, mas não poderia deixar de colocá-la aqui também, afinal de contas, os maiores interessados são vocês, meus[as] alunos[as] dos 3ºs anos, que participaram de todas as atividades relacionadas à minha disciplina [nem precisa dizer que é a Química né?!hehehe!] no ano passado[2008].

"A Private Nature Reserve – Is It Possible?"

Este é o título de um Artigo publicado no site Global Voices - on line por Danilo Gonçalves, sobre as RPPN's [ Reserva Particular do Patrimônio Natural ] e seu uso na Educação.
Neste artigo, tivemos o privilégio de estar participando, uma vez que nosso Projeto do ano passado[2008] sobre Termoquímica e Cinética Química envolvia alimentação, sociedade e meio ambiente e [lembram-se?!] fizemos uma visita à Reserva Ambiental de Educação e Pesquisa Banana Menina, que é uma RPPN situada na cidade de Hidrolândia.
Nosso Projeto foi uma maravilha! E, agora, com este reconhecimento a nível internacional, tenho plena convicção de que foi um verdadeiro SUCESSO!! Não é à toa que já estou organizando uma segunda etapa do mesmo, com os atuais 2ºs anos [do turno noturno].
Me aguardem!!! hehehe!
Convido a todos que se interessarem, a acessar o link: GLOBAL VOICES , e lerem a reportagem do Danilo na íntegra!
Vale a pena!!
Um forte abraço a todos!
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine

Há algum tempo recebi este texto de um outro colega professor, quando ainda trabalhava em outra Instituição de Ensino. O texto diz que são alguns conselhos que Bill Gates ditou em uma conferência em uma escola secundária sobre 11 coisas que estudantes não aprenderiam na escola. Não sei dizer ao certo se partiu realmente dele estas palavras, mas sei que valem a pena serem refletidas! Ele fala sobre como a "política educacional de vida fácil para as crianças" tem criado uma geração sem conceito da realidade, e como esta política tem levado as pessoas a falharem em suas vidas posteriores à escola. Diz o texto que ele foi bastante conciso, todos esperavam que ele fosse fazer um discurso de uma hora ou mais, ele falou por menos de 5 minutos, foi aplaudido por mais de 10 minutos sem parar, agradeceu e foi embora em seu helicóptero...

Eis, portanto, as regras básicas:

#Regra 1: A vida não é fácil - acostume-se com isso.

#Regra 2: O mundo não está preocupado com a sua auto-estima. O mundo espera que você faça alguma coisa útil por ele ANTES de sentir-se bem com você mesmo.

#Regra 3: Você não ganhará R$ 20.000 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone.

#Regra 4: Se você acha seu professor rude, espere até ter um Chefe. Ele não terá pena de você.

#Regra 5: Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Seus avós têm uma palavra diferente para isso: Eles chamam de oportunidade.

#Regra 6: Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Então não lamente seus erros, aprenda com eles.

#Regra 7: Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagar as suas contas, lavar suas roupas e ouvir você dizer que eles são "ridículos". Então antes de salvar o planeta para a próxima geração querendo consertar os erros da geração dos seus pais, tente limpar seu próprio quarto.

#Regra 8: Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas você não repete mais de ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece com absolutamente NADA na vida real. Se pisar na bola, está despedido, RUA !!!!!Faça certo da primeira vez.

#Regra 9: A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período.

#Regra 10: Televisão NÃO é vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o barzinho ou a boate e ir trabalhar.

#Regra 11: Seja legal com os CDF´s (aqueles estudantes que os demais julgam que são uns babacas). Existe uma grande probabilidade de você trabalhar PARA um deles.

.

Leia, pense, repense, aja!

Não sobreviva...VIVA!!

.

2 comentários | | edit post
Reações: