Thaiza Montine
Olá pessoas, muito boa tarde!
Hoje é o "DIA MUNDIAL SEM CARRO", edição 2010!
Para falar de uma data tão importante, deixarei abrir voz, o Professor Chassot, que relata tão bem acerca do assunto em seu blog, e veio nos alertando quanto a esse dia durante praticamente toda a semana, para que não esquecêssemos!!
"O Brasil tem mais de 50 milhões de automóveis circulando e é difícil imaginar que todos fiquem na garagem.
Mas a data é oportunidade de repensar o uso do carro de passeio como meio de deslocamento, dentro de esforço global.
O evento começou em 1997, na França, e ganhou o mundo nos últimos 12 anos, com o objetivo de servir de alerta para reduzir as emissões de gás carbônico, um dos seis gases mais poderosos do efeito estufa. O movimento chegou ao Brasil em 2001. Desde então vem se espalhando pelo mundo, ganhando a cada edição mais adesões nos cinco continentes. E a proposta é, exatamente, deixar o carro em casa e se deslocar - para o trabalho ou para qualquer outra atividade - utilizando formas alternativas de transporte com menor impacto ambiental, como o transporte coletivo, a bicicleta ou mesmo indo a pé. Assim, diminui-se a quantidade de veículos nas ruas e reduz-se os congestionamentos - e a poluição por tabela. A bicicleta é o símbolo desse movimento.

Trata-se de um manifesto-reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos grandes centros urbanos, e um convite ao uso de meios de transporte sustentáveis - entre os quais se destaca a bicicleta.

A proposta do Dia Mundial Sem Carro é que as pessoas deem três passos simples: 

  1. Passem um dia sem carro; 
  2. Observem de perto o que acontece em sua cidade nesse dia;
  3. Reflitam pública e coletivamente sobre o que mudou e o que pode ser feito a partir de então."
Você já deu sua contribuição para o meio ambiente hoje?!
Aliás, quem de vocês, leitores, se lembraram que ontem comemoramos o "DIA DA ÁRVORE"?!
Que tal contribuir hoje?!
Faça sua parte!
Siga os passos!!
.
Um mol abraço a todos vocês!!
.
ProfªThaiza Montine
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
CPMG - Ayrton Senna arrebentando na III OLIMCOM!!!
Isso mesmo!
Na classificação geral das Olimpíadas dos Colégios Militares, nossa unidade ficou em 2º lugar!!!
Basquete Feminino Bicampeão


Basquete Masculino Vice Campeão



E arrebentando também:

ATLETISMO
NATAÇÃO
VÔLEI MASCULINO
VÔLEI FEMININO
FUTEBOL FEMININO
E taaaaaaanto mais!!
Para ver mais fotos do evento, acesse:

FOTOS OLIMCOM - parte 1
FOTOS OLIMCOM - parte 2

Ou mesmo diretamente pelo blog do Professor Paulo:
Saiba de tudo Esporte

Um forte abraço a todos!
E, mais uma vez, parabéns a cada professor[a] de cada equipe de nosso colégio e a cada aluno[a] participante desta OLIMCOM!
CPMG - AS!!! Uhuuuuulll!!!!
=P
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoas!
Segue logo mais as fotos da nossa Aula Prática dos últimos dias 28 e 29 de agosto, quando produzimos Amaciante de roupa Concentrado!







Bom, por hora é só.
E, aguardem!!!
Em outubro teremos a 3ªEdição do CPMG - Ayrton Senna Filme Festival, com novos curta metragens sobre RADIOATIVIDADE!

Um mol de abraços a todos!!
=]
Marcadores: , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoas!!
=D
Meu Deus! Estava aqui pensando o que postar e de que forma postar acerca deste novo aniversário do meu blog [QUIMILOKOS], quando percebi que estou ficando "virtualmente gagá"!
kkkkkkkk!
Isso mesmo!
Fazendo uma retrospectiva do início deste blog, sempre me atenho aos tempos onde o iniciei através do WEBLOGGER, do TERRA, mas estava pesquisando sobre o próprio blog [coisa que costumo fazer de quando em vez para ter uma noção do que se fala sobre ele, rsss!], e acabei revendo uma situação que já havis me esquecido...e, no fim das contas, percebi que meu queridíssimo QUIMILOKOS, já está com seus 5 anos e 3 meses de idade!
o.0
Tudo começou através do sistema de blogs da UOL:
QUIMILOKOS NA UOL - o primeiro QUIMILOKOS
Este, felizmente, ainda tem os arquivos guardados pela UOL!
Algum tempo depois, em agosto de 2005, migrei para o WEBLOGGER:
Já este, infelizmente, me parece ter sido cancelado meu acesso, pois mesmo tendo cada link específico de cada mês e ano que o mantive no ar por este sistema [e isto está anexado neste novo formato atual, do blogger, lá próximo ao final desta página aqui, onde se diz: ARQUIVO DO QUIMILOKOS ANTIGO], não consigo abrir nenhuma das páginas anexadas...
Já no sistema do google, BLOGGER, migrei para cá em 28 de março de 2008, onde permaneço até agora!
Então, fazendo um retrospecto geral e verdadeiramente inicial, a primeira postagem do QUIMILOKOS se deu no dia 26 de maio de 2005, ainda no UOL, ou seja, no próximo dia 26 de agosto estaremos completando 5 anos e 3 meses de existência na web!
Como todos os anos, neste também faremos as devidas comemorações!
E, espero que, pela última vez no mês errado!
huahuahauhauahuahaua!!
Quem não conhece a DORI?!

Aproveitando deste momento DORI, de lapso mental [hehehehehe!!]...o Concurso Quimiloko da vez será:
Você esquece continuamente o que estava falando?!
Você se esquece do rosto ou do nome das pessoas?!
Tem o hábito de esquecer datas importantes?!
Guarda objetos tão bem guardados que nem mesmo você lembra onde colocou?!
Enfim, você sofre de "Perda de memória recente?!"
Conte-nos a sua história!
Pois a melhor delas será publicada aqui no blog, e ainda receberá uma premiação!
=]
Envie sua história [que deve ser verídica!] para: quimilokos_professora@hotmail.com , em arquivo do word, fonte Times New Roman, tamanho 12, até o dia 15 de setembro, e concorra a uma camiseta do blog!!
Não perca tempo!! Participe conosco!
=D
Estarei no aguardo das publicações de vocês!
Um mol de beijos a todos!!
Marcadores: , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoal!
Isso mesmo!
As nossas aulas reiniciam exatamente HOJE!
Também pudera, já estava com saudades!
hehehehehe!
Que todos possamos ter descansado o suficiente para que neste retorno estejamos a mil por hora!
A família CPMG - AYRTON SENNA lhes dá as boas vindas!
Bom retorno a todos!
E, para não perder o costume, um mol de abraços!
^^! 
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoal!
Mais uma vez, é com muito prazer que pude representar o CPMG-AS em um Evento Nacional tão renomado [entre os químicos, pelo menos, rssss], que é o XV ENEQ [XV ENcontro Nacional de Ensino de Química].
É o maior Encontro de Professores de Química e Pesquisadores da área de Ensino de Química.
Neste ano o mesmo realizou-se em Brasília, sendo dividido com algumas atividades no GAN e as demais na FIOCRUZ, promovido pela Unb.
Dentre as centenas de Trabalhos apresentados pelos Pesquisadores, pude levar dois, que só se concretizaram devido a participação de meus[as] queridos[as] alunos[as] do CPMG-AS, dos 3ºs anos 2010, que participaram do Projeto que originou meu Trabalho "Elaboração de curta metragens no Ensino Médio: usando o cinema para abordar temas sobre radioatividade em sala de aula" e aos dos 2ºs anos também 2010, que participaram do Projeto que originou o Trabalho "Aplicação do Webquest como ferramenta para o ensino de termoquímica no nível médio: Dificuldades Relacionadas a Falta de Estrutura".
Prof.Attico Chassot e Eu,Prof.Thaiza
Também tive o privilégio de estar pessoalmente com uma pessoa brilhante e maravilhosa que é o Professor Attico Chassot, renomado professor, pesquisador e escritor da área de educação em química. Além de inteligente ainda é cativante! Foi um prazer poder reencontrá-lo.
Bom pessoal, por hora é só!
Um mol de abraços a vocês!!
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
"De acordo com dados do Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas (Ipea), em 2008 havia mais oferta de emprego para quem tem mais escolaridade. A concentração das vagas estava nos trabalhadores com uma média de 11 anos de estudos. Hoje, no Brasil, são necessários 12 anos de estudo para completar toda a educação básica – o ensino fundamental e o médio. No entanto, entre os jovens brasileiros de 18 a 24 anos, a média de escolaridade é de 9,1 anos de estudo.
Dados como esses nos fazem pensar, refletir e analisar o papel da escola para com o futuro das nossas crianças: preparamos os jovens de hoje para o quê no futuro? Talvez, a resposta mais adequada seria para uma vida adulta produtiva e responsável. Um ser humano adulto, para ser feliz e realizado, precisa estar de bem em três grandes áreas da vida que vou chamar de mundos: o mundo da família, o formado pela sociedade (amigos, colegas, igreja, etc.) e o do trabalho.
Muito bem, vamos ao mundo da família. Que tipo de exemplo nós adultos estamos dando para os jovens? Respeito, união, comunhão. Ou o exemplo são brigas, separações, pais usando os filhos para se beneficiar? E no mundo social, que exemplos estamos dando? Temos amigos de verdade, respeitamos os outros? Como preparar um jovem para qualquer um desses mundos se eles não podem viver, experimentar, aprender?.
Pergunto ainda: será que é possível uma vida adulta sem o mundo do trabalho? Feliz, eu duvido. A preparação dos jovens para a vida adulta é tão complexa que é tarefa para uma tribo, mas no Brasil delegamos totalmente à escola.
Há 20 anos, tínhamos crianças sendo exploradas sexualmente, trabalhando em carvoarias, cortando cana, quebrando pedra, vendendo coisas nas ruas. Criamos um monte de leis, genéricas, mas não definimos o que é criança, o que é trabalho, nem separamos o trabalho pedagógico que desenvolve habilidades do trabalho degradante. Hoje, temos a mesma realidade, a mesma exploração das crianças, e mais 34 milhões de jovens fora da escola e sem trabalho. Temos, sim, 98% das crianças brasileiras iniciando o ensino fundamental, mas, de cada 100 que entram na 1ª série, 50 crianças chegam a 5ª sem saber ler um texto de 5 linhas e contar o que leu, ou seja, analfabetos funcionais; 40 abandonam a escola antes de terminar a 8ª série porque não conseguem acompanhar a segunda etapa do ensino fundamental que requer interpretação e, por não acompanhar, abandonam a escola.
Em um passado não muito distante, a partir dos 12 anos, a criança acompanhava o pai no contra turno para aprender o ofício da família. Se gostava de estudar e o pai era pedreiro, eletricista, agricultor, o filho tornava-se engenheiro, agrônomo, etc. Se não gostasse de estudar, tornava-se um mestre de obra, agricultor como o pai, mas tinha trabalho, e sabia trabalhar.
Onde a educação dá certo no mundo, não existe a figura de escola de um turno. Todos os alunos de 5 a 18 anos estudam em tempo integral. Nesses países, quando fizeram leis proibindo as crianças de trabalhar, ajustaram a escola para que a criança “trabalhasse” na escola ou se preparasse para o mundo do trabalho. Como fazer isso em escola de um turno?"

Texto de Ademar Batista Pereira, presidente das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe/PR)

FONTE: JORNAL VIRTUAL PROFISSÃO MESTRE/GESTÃO EDUCACIONAL ANO 8 Nº173 09/07/2010
Marcadores: , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Olá pessoas!!
Lendo meus e-mails mais antigos aqui, encontrei um texto de Horacio Rosenthal, na Edição Virtual da Revista Profissão Mestre/Gestão Educacional, ano 08 nº170 de 18/06/2010, muitíssimo interessante e que achei conveniente postar aqui.
Então lá vai!

Você fala pedagogês?
"Para se comunicar bem, você tem que usar a linguagem adequada. Várias escolas falam uma língua que usa muitas palavras do português, mas não diz nada para os pais e alunos. É o pedagogês. Leia, por exemplo, as expressões a seguir:
• “O trabalho busca uma relação que não se reduz à integração artificial das disciplinas”
• “A contextualização revitaliza competências cognitivas já adquiridas”
• “A escola utiliza vários instrumentos de verificação da aprendizagem como forma de analisar o nível de conhecimento dos alunos e planejar estratégias de ensino”
Se elas fazem parte do seu vocabulário, então você está precisando urgentemente de um tradutor.
Seria exagero imaginar pais conversando assim para escolher a escola de seus filhos. No entanto, é assim que muitas escolas se comunicam e ficam bravas quando os pais não entendem o que elas falam.
Não é fácil sair dessa situação. A maior parte das escolas que se comunicam mal pensa que se comunica bem. Sem uma mudança de paradigma, essas escolas vão continuar falando pedagogês para si mesmas por um bom tempo, sem considerar o público a quem estão se dirigindo.
Como as escolas acabam criando esta linguagem própria tão peculiar? A receita não é complicada. Misturam sólidos conceitos pedagógicos da direção, juntam uma forte contribuição teórica da coordenação, temperam com um punhado de valores consagrados, e está pronto: é só servir. Com o tempo, todos incorporam naturalmente o jargão da escola ao seu modo de comunicar. O resultado é um discurso hermético que faz sentido para os profissionais da escola, mas que não diz coisa com coisa para os pais e alunos, principalmente para os de fora. Por que de fora? O que faz uma escola crescer são sempre os clientes de fora. O problema de linguagem tem graus variados de seriedade. Se a escola tem um problema de linguagem, mas está em paz com os pais, as coisas não estão tão graves. Se o problema de linguagem está comprometendo a imagem da escola, a situação tende a se complicar. Se o problema de linguagem é agudo no presente e tende a piorar no futuro, aí é mais sério, é hora de fazer alguma coisa. Uma das principais funções dos profissionais de comunicação é justamente, dependendo do contexto, definir o tipo de intervenção a ser feita.
Enquanto isso, entretanto, algumas recomendações gerais podem ser feitas. A primeira delas é dar bastante atenção aos comunicados da escola. O ideal seria que os pais e alunos fossem convidados a avaliá-los, mas isso é impraticável. Sendo assim, se a escola quer ser compreendida e acreditada, a saída é ela mesma fazer a sua própria auditoria e definir critérios para oferecer uma comunicação límpida, espontânea e clara, como alternativa à informação para quem só entende pedagogês. A segunda, é cuidar para que todas as pessoas dos vários setores da escola libertem-se da “camisa de força” do pedagogês e aceitem o novo padrão de comunicação. Daí vem um conjunto de ajustes de bom-senso, que serão aplicados conforme o meio. A escola tem vários meios que recorre para se comunicar com os pais e alunos: carta, circular, folheto, bilhete em agendas, apresentação, mural, jornal interno, boletim eletrônico, site, etc. Utilizar a linguagem adequada é essencial para a boa c omunicação em cada um deles. O refinamento da maneira com que a escola se comunica com os seus diferentes públicos se completa quando se encontra o máximo de simplicidade. É nesse ponto que se alcança a competência da comunicação da escola. É nesse ponto também que a competência da escola se completa."

Texto de Horacio Rosenthal, publicitário, assessor de marketing educacional e autor do blog: www.educa-hr.blogspot.com

Só tenho a desejar um ótimo final de semana a tooooodos vocês!
Um mol de abraços!
^^!
Marcadores: , , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Um bom dia a todos!
É com muito orgulho [e confesso que inicialmente fui pega de surpresa!] que hoje trago à vocês a notícia de que, mesmo diante de todas as dificuldades passadas durante a 16ª Feira Estadual de Ciências de Goiás, lá no Centro de Convenções de Goiânia, dos dias 9 a 12 de junho deste ano, já apresentadas aqui, meu Projeto "CPMG - Ayrton Senna Filme Festival" foi premiado!
Uhhuuuulll!!!! Isso mesmo!
Na terça-feira passada, dia 22 de junho, fui convidada, juntamente a algumas outras escolas, a estar presente na SUME [Subsecretaria Metropolitana] para receber as medalhas [minha e de cada um dos[as] meus[as] alunos[as]!!].
É claro que minha querida vice-diretora Marlene estava presente junto a mim neste momento emocionante e mais que especial!

Foi, definitivamente, uma verdadeira demonstração de reconhecimento de nosso trabalho e do esforço de cada um[a] de meus[as] queridos[as] alunos[as]! Confesso que fiquei emocionada!
Nas fotos ao lado temos:
1 - ProfºJackson me entregando as respectivas medalhas.
2 - Minha Vice-diretora Marlene também recebendo as medalhas comigo.
3 - Bariani Ortêncio, renomado escritor goiano, marcando presença junto à premiação conosco.
.
Hoje, mais feliz do que nunca! hehehe!
Afinal de contas, quando se é reconhecido pelo que faz, isso nos dá novo 'gás' !!
Não é mesmo?!
Um forte abraço a todos!!

ProfªThaiza Montine - Química
Marcadores: , , , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Mais uma vez participando da Feira Estadual de Ciências de Goiás, neste ano em sua 16ªEdição e, mais uma vez, tendo o prazer de representar o CPMG - Ayrton Senna!
O Projeto que levamos este ano para o Centro de Convenções de Goiânia é um já conhecido de vocês, meus alunos, e de vocês, visitantes e assíduos deste meu blog: "CPMG - Ayrton Senna Filme Festival" que entrará em sua 3ª Edição este ano no Colégio, e que também irá participar do XV ENEQ [Encontro Nacional de Ensino de Química] deste ano de 2010 no próximo mês, em Brasília!
Foi um prazer imenso poder estar presente em mais esta Edição da Feira Estadual, que ocorreu em conjunto com o Congresso PENSAR, apesar de todas as dificuldades e imprevistos iniciais; porém, graças ao esforço de muitas pessoas da Subsecretaria [e aqui gostaria de destacar todo o empenho e apoio da senhora Iraildes, que não mediu esforços em nos auxiliar!] ao final tudo ocorreu muuuuuito bem!
É claro que quero agradecer ao empenho e disponibilidade dos[as] alunos[as] do 3ºano noturno que passaram todos os dias comigo em exposição e saíram de lá tão cansados e roucos quanto eu [rsssss!], mas acima de tudo realizados[as]: Ananda, Brunna, Hiorrany e Wátilla! Meu muito obrigada, meninos[as], por confiarem mais uma vez em mim! E, é claro, como smepre, muuuuuuuuuuito obrigada Marlene, por confiar o nome da nossa escola em minhas mãos!
Bom, fiquem logo mais com algumas das fotos do Evento!






Um mol de abraços a todos!!!
Marcadores: , , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Bom dia pessoas!
No dia 08 de junho passado, realizamos a 3ªEdição do Festival de Gastronomia do CPMG - Ayrton Senna que, por sinal foi um S.U.C.E.S.S.O.!!
Eu estava lhes devendo as fotos! Então ei-las logo abaixo!
=]
Espero que gostem!
Aproveito para agradecer a todos que tornaram este Festival possível mais uma vez: minha "sempre coordenadora", atual Vice Diretora, e grande amiga,  Marlene, pelo apoio constante! Minhas coordenadoras de turno Nívea e Cleide, a Vanuza, os[as] amigos[as] professores[as] e colegas de trabalho, oa Militares e Administrativos que se fizeram presentes, e a cada um[a] de meus[as] alunos[as] expositores que deram seu sangue para tudo correr bem, e a cada participante, a cada visitante, meus[as] ex-alunos[as] que deram a graça de sua presença conosco, minha amiga e professora Nília que nos prestigiou junto a seus[as] alunos[as].
Meu muito obrigada a todos!!








Um forte abraço!!!
Marcadores: , , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine

A Secretaria de Estado da Educação abriu nesta quarta-feira, 9, no Centro de Convenções, a 4ª Mostra de Conhecimento, Cultura e Arte e a 16ª Feira de Ciências, para apresentar projetos e outras iniciativas das escolas da rede pública estadual em Goiás. O evento acontece durante o Pensar 2010 – 11º Congresso e Exposição. Nesta edição, a Mostra de Conhecimento e Feira de Ciências reúnem 71 projetos de escolas de todo o Estado e oferece espaços interativos aos visitantes para experimentos em diversas áreas.
Além da exposição, de laboratórios e oficinas, a mostra inclui espetáculos de dança, teatro e música num grande palco que será instalado próximo aos estandes. Os projetos selecionados para esta edição da Mostra de Conhecimento e Feira de Ciências contemplam todas as regionais de Educação do Estado. São trabalhos de resgate cultural, de meio ambiente, de Ciência e Tecnologia e de Artes, entre outros.
Cada escola tem o seu estande para expor o projeto. Estudantes acompanhados de um ou mais professor fazem a apresentação dos trabalhos, da concepção à aplicação, a todos os visitantes.
Laboratórios
Dez salas estão servindo aos experimentos em laboratórios de Mídias – leitura e escrita na tela (diálogo por celular e computador), Física, Química e Biologia, Matemática, Educação Ambiental, Robótica, Informática, Rádio e Línguas. No laboratório de Química, na quarta-feira, às 19 horas, os visitantes puderam saber mais sobre chuva ácida e suas possíveis reações. No mesmo dia e horário, o visitante que estivesse no laboratório de Educação Ambiental soube mais sobre a Comissão de Meio Ambiente e a qualidade de vida na escola.
Em outras seis salas serão ministradas oficinas temáticas que terão programação diferenciada em cada turno. Entre outros assuntos, elas vão tratar da comunicação eficaz, de como usar a robótica pedagógica em sala de aula, do improviso à cena teatral: experimentações e outras possibilidades, do frevo e folia e só alegria, do estudo dirigido como método na continuação dos estudos, da Física virtual e até de relaxamento anti-estresse.
No palco, as escolas se revezarão nas apresentações musicais, de teatro e dança, com bandas e fanfarras, canto coral e outras linguagens. O evento deverá envolver cerca de mil professores e servidores administrativos da Secretaria da Educação, além de estudantes de todas as regionais de Educação, num esforço para mostrar o que de melhor as escolas da rede estadual estão fazendo.
http://www.tribunadoplanalto.com.br/index.php/escola/9685-secretaria-estadual-de-educacao.html
http://www.educacao.go.gov.br/educacao/noticias/not.asp?Codigo=2314

Nós, do CPMG - Ayrton Senna, somos o 72º Trabalho em Exposição!
Infelizmente houveram algumas confusões quanto à aprovação de nosso Projeto, e acabamos ficando fora do site da SEDUC, e de qualquer informação referente à Feira em si...mas estamos expondo, próximo aos trabalhos de Arte! E, se você for visitar a Feira, não esqueça de nos procurar por lá, ok?!

Nosso Projeto é: CPMG - Ayrton Senna Filme Festival
Professora expositora: Thaiza Montine
Alunos[as] expositores: 

  • Ananda Míssima

  • Brunna Reis

  • Hiorrany Nunes

  • Wátilla Wadson
Aguardamos a visita e o prestígio de vocês!!!
Um mol de abraços a todos!!
.
p.s.: Ainda devo as fotos e os comentários referentes ao Festival Gastronômico dos 2ºs anos do turno noturno deste ano de 2010! Aguardemmmmm!!!
.
=]
Marcadores: , 0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine
Há uma semana perdemos uma pessoa muito querida na escola: Wanderson Camargo! Aluno do 3º ano noturno...
É com muita dor que deixo esta imagem na qual ele recebe o troféu por haver sido premiado final do ano passado em um dos Projetos de Química, na escola...
Foi um momento de muita alegria e muita vitória a ele!
Menino que sempre encarou a vida como uma grande aventura!Um eterno desafio!
Exemplo de persistência e de ajuda ao próximo!
.
.
Perdão...não consigo falar mais...
Só sei que é uma pessoa que fará muita falta pelos corredores da escola..pelos corredores de nossas vidas...
.
Esteja em paz, meu querido...esteja em paz...
.
0 comentários | | edit post
Reações: 
Thaiza Montine

Bom dia, pessoas!
Assim como deixei anexado no QUIMILOKOS, também estou disponibilizando aqui no blog do colégio a vocês!
Já é de praxe meu, iniciar minhas aulas de Físico-Química do ano fazendo um retrospecto histórico com meus alunos, e uma retomada desde Idade Média e Renascença, principalmente, seguindo uma evolução científica através dos tempos.
Bom, e é neste intuito que os convido a ler o livro "O Perfume - a história de um assassino", de Patrick Süskind. Desde que o filme foi criado, só veio a enriquecer esta história tão fascinante e, por conseqüência, minhas aulas[hehehe!].
Sabendo da dificuldade em encontrar o livro para comprar aqui em Goiânia[uma vez que já me notificaram que a UFG também o adotou], encontrei uma versão em PDF que pode ser baixada e lida em seu computador e, para que não fiquemos 'parados no tempo' esperando os livros chegarem para executarmos nossas atividades referentes ao mesmo, estou disponibilizando o link logo abaixo para quem quiser baixá-lo, ok?!

Versão do Livro em PDF, pela Editoral Presença, Lisboa, Portugal.

É claro que algumas palavras estarão diferentes, porque não é a mesma editora que estamos trabalhando em sala de aula [no caso a RECORD], no entanto, o contexto é o mesmo, e a história também não foi alterada, portanto nos é útil, ok?!
Estou deixando logo abaixo, também, o site oficial do Filme referente ao livro que, por sinal recebe o mesmo nome.

Perfume - site original

E, como não poderia faltar, um comentário acerca da obra e do autor!
=]
Bom, estava eu a navegar pela 'net' em busca de imagens para vocês, quando me deparei com uma reportagem de Elenilson Nascimento, no Jornal "O Rebate" sobre a história em si [tanto no que se refere ao livro quanto ao filme], e acabei por me identificar com muito do que ele diz, por isso optei por transcrever algumas de suas falas logo a seguir:


“ O PERFUME – A História de um Assassino” (lançado em 1985) foi considerado o livro da década de 80 na Alemanha. E só depois que alguém apareceu aqui em casa fazendo propaganda com estardalhaço do filme é que tive vontade de ler e acabei devorando (várias vezes) a obra de Patrick Süskind – um alemão careca de 57 anos e com nome de comida japonesa – que atualmente vive na Alemanha, raramente dá entrevistas ou aparece em público e ainda prefere levar uma vida isolada.
Contudo, antes mesmo de abrir o livro, já me intrigava com o seu título. E me perguntei: qual o rosto escondido por trás da máscara do protagonista? (ou seria melhor dizer antagonista?) Por que “ O PERFUME” como título de livro? Segundo os bastidores da música, até o Kurt Cobain era fã desse livro. Alguns críticos dizem que o falecido vocalista da banda de rock Nirvana usou trechos do livro de Süskind como inspiração, na época da composição do disco “In Utero” (1993), tanto que a música "Scentless Appretince" foi baseada nesse livro.
O romance escrito por Süskind conta a história de Jean-Baptiste , um homem que possui um olfato extraordinariamente apurado mas que não possui cheiro próprio, nem pudores, nem limites. O autor, por sua vez, fez um trabalho memorável ao descrever a Paris do século XVIII que é o cenário que nasce Jean-Baptiste – abandonado por sua própria mãe em meio às tripas de peixes, podridão e ratos. E quando acham seu corpo levam-no para um orfanato aonde, tempos depois, o menino cresce e todos que têm contato com ele acham-no repulsivo de uma forma estranha. O que ninguém percebe é que o corpo de Jean-Baptiste não tinha um aroma, e essa distinção é tão sutil que ninguém percebe diretamente na obra. A falta de cheiro de Jean-Baptiste pode ser vista mais tarde como um representante de sua falta de moral em um mundo no qual o amoral e o ético lutam para achar um denominador comum.

O ENREDO – Durante toda a sua vida Jean-Baptiste teve vários acidentes, doenças e chagas. Trabalhou como aprendiz de curtidor e depois como aprendiz de perfumista. Sua obsessão com cheiros é tanta e tão absoluta que, então com 14 anos, ele apresenta a si mesmo a um proeminente – porém falido – perfumista ( Baldini ) que o ensina a arte anciã de misturar óleos, dissecar e isolar aromas, e reduzir flores e ervas a seus óleos essenciais.
Um dia Jean-Baptiste encontra uma linda jovem de 12 anos com um perfume natural totalmente diferente de todos os outros que ele guardava na memória, e acabará por matá-la por assidente, com as suas próprias mãos, de tanto desejar apoderar-se do seu odor. Mas, esta jovem é apenas uma das muitas jovens que o protagonista mata (acho que 26 no total), em busca do perfume perfeito.
Jean-Baptiste é capaz de evocar as mais diferentes emoções no leitor, desde simpatia, curiosidade, repulsa e ódio, que mostra um profundo autismo ao aprender cheiros diferentes à sua volta como a maioria das crianças aprende o alfabeto, ou contam números no jardim de infância. Dessa forma, ele passa seus dias identificando e organizando os cheiros em seu mundo particular – parece um autista.

MUNDO DOS PERFUMES – A ação divide-se entre o mundo dos perfumes que serve para encobrir o mundo dos fedores, dos crimes, das mentiras e da hipocrisia que caracterizam a cidade de Paris no século XVIII – muito parecida com o que atualmente vivemos no Brasil com as suas CPIs. O livro, até pouco tempo considerado inadaptável para a linguagem cinematográfica, foi transformado em filme pelo também alemão Tom Tykwer (de “ Corra, Lola, Corra” ) e, segundo vários sites de cinema, o próprio Süskind negociou os direitos de filmagem com o produtor.
O filme contou com um elenco de celebridades, tais como o maravilhoso Dustin Hoffman , de belas mulheres, de uma bela fotografia e de um roteiro muito interessante. Jean-Baptiste foi interpretado pelo até então desconhecido ator Ben Whishaw . O orçamento da produção extrapolou o valor de 50 milhões de euros, segundo informações contidas no site da Deustche Welle , mas valeu a pena: o filme ficou muito bom.

SUI GENERIS – Quando os críticos e leitores sentiram pela primeira vez o aroma de “ O PERFUME” em 1985, ele prontamente tornou-se um best-seller internacional sendo traduzido para 37 línguas diferentes. O livro de Süskind é sui generis : meio horror, meio suspense, meio ficção histórica, meio erótico, meio repulsivo, meio romance, meio melancólico. Ao mesmo tempo que oferece muitos insights na mente do criminoso insano, também especula sobre o papel que o senso comum tem em nossas vidas.

Contudo, “ O PERFUME” é, sem dúvida, um romance muito estranho. Mais inquietante ainda é o fato de Jean-Baptiste ser desprovido de odor corporal, o que leva a sociedade a encará-lo com um misto de indiferença e mistério. Curioso é a maneira como o autor utilizou para descrever alguns personagens: o tosco Druot , que cheira a esperma e suor; as mulheres plácidas, feitas de mel escuro; Madame Arnulfi , a viúva cheia de vitalidade; e as virgens mortas de membros carnudos, lisos e firmes.
Todo este mundo irreal e de certa forma sobrenatural acaba por ser um pretexto que o autor utiliza engenhosamente a fim de explorar as paixões básicas que movem a humanidade: o erotismo, o poder, a necessidade de afirmação e a procura de si próprio, retratada aqui na busca do perfume ideal . E embora esta seja a história de um assassino, o próprio subtítulo o indica, os crimes acabam por diluir-se, como que desculpados pela pureza das intenções destituídas de qualquer tipo de moralidade. É por este motivo que o fim deixa um travo amargo, já que não se retiram conclusões e só a dúvida fica no ar.

MENTES ABERTAS – Apesar de muita coisa do livro ter sido dispensada na versão cinematográfica, “ O PERFUME” é um livro que deve ser degustado de mente aberta, deixando de lado preconceitos e juízos de valor, porque só assim se poderá apreender a beleza de caráter mórbido que se desprende das páginas e a crítica subjacente: quantos são frágeis e dependentes do “eu animal”.
Aquela parte onde o autor explica que o senhor Richis desejava ardentemente a sua própria filha, Laure , a ruiva, que ele desejava “deitar-se junto a ela, sobre ela, dentro dela, com toda a sua concupiscência e todo o seu desejo. E ele ficava a suar, e o os membros tremiam, enquanto sufocava em si esse horrendo desejo e se curvava na direção dela, para acordá-la em um casto beijo paternal” é de deixar os puritanos de cabelos em pé.

No final da história, Jean-Baptiste volta a Paris e é partido aos bocados e comido por pessoas devido ao efeito do perfume que tinha derramado por todo o corpo: um final trágico para o protagonista. E qual o significado desta morte horrível? Pode-se ter a falsa impressão de que o autor queira afirmar que os idealistas são consumidos pelas massas ou pela podridão que o sistema produz. Mas as últimas linhas do texto fazem pensar em algo diferente: “ ...seus corações estavam bem leves(...) . Pela primeira vez , haviam feito algo por amor ” (“O PERFUME – A História de um Assassino” de Patrick Süskind, traduzido por Flávio R. Kothe, 255 pp. 1985 - Editora Record)

Por fim, e para não me delongar mais, deixarei o clipe da música do Nirvana, sugerida pelo Elenilson Nascimento, que teve o livro O Perfume como fonte de inspiração.



E, também o arquivo a ser baixado, referente aos resumos de conteúdo em aula, acompanhado das questões a serem resolvidas no caderno de sala, ok?!

No mais, por hora é só, meus [as] queridos[as]!
Um Mol de abraços a todos!!!
2 comentários | | edit post
Reações: 
Prof. Elisângela Figueiredo
Salve, Salve...

Estamos em pleno vapor, planejando e organizando o melhor para nossa volta às aulas. Sejam muito bem-vindos neste novo ano letivo, a escola e os professores esperam vocês com muita alegria!!! Agora por favor, não venham com muita energia, porque já tão somos tão jovens e dispostos como vocês (risos), mas temos muitas coisas a ensinar, e, contamos com a coloboração de vocês, pois alunos motivados tem professores motivados. Um graaande e fraterno abraço e até terça-feira!
0 comentários | | edit post
Reações: